Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /var/www/html/pimech.com.br/web/2016/wp-includes/pomo/plural-forms.php on line 210

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /var/www/html/pimech.com.br/web/2016/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2364

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /var/www/html/pimech.com.br/web/2016/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2368

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /var/www/html/pimech.com.br/web/2016/wp-content/plugins/revslider/includes/output.class.php on line 3169
4 Principais Erros De Engenharia Na Hora De Construir E Reformar
OS 4 PRINCIPAIS ERROS DE ENGENHARIA NA HORA DE CONSTRUIR E REFORMAR

OS 4 PRINCIPAIS ERROS DE ENGENHARIA NA HORA DE CONSTRUIR E REFORMAR

Confira os 4 Principais Erros De Engenharia Na Hora De Construir E Reformar:

Sabe quando o ralo está ali, chamando a água, mas ela simplesmente não escorre? Corre para todos os lados, menos para o ralo.

Esses é um dos erros mais comuns de engenharia, e pensando nisso montados os 4 principais erros de engenharia na hora de construir e reformar.

Para saber mais leia nosso artigo.

4 Principais Erros De Engenharia Na Hora De Construir E Reformar

1 Piso Sem Caimento

Durante uma obra, muitos profissionais não checam se o caimento do piso leva a água ao ralo. E com resultado, formam-se poças em banheiros, pátios e quintais.

O deslize é bem comum também em cozinhas, duchas de piscinas. Por isso é sempre importante ter a presença de um engenheiro durante a execução da obra, para exigir a verificação do caimento.

Consertar esse erro, requer quebrar o piso novamente.

2 Tubulação sem pressão

Um bom projeto de hidráulica os canos sempre levam a água do ponto mais alto para o ponto mais baixo.

Porém, há construções em que não há projeto de hidráulica. E isso é um problema, pois há operários que fazem os chamados “morrinhos” na tubulação, contornando por exemplo portas, ou seja, os canos subindo e descendo.

Quando a tubulação sobe e desce, a água perde a pressão e corre o risco de parar.

E o conserto requer quebrar tudo e refazer, para poder achar o ponto ou os pontos de elevação da tubulação.

3 Sobrecarga na Estrutura

Edificações projetadas para ter dois pavimentos, não podem ter 3 andares, parece obvio, mas este erro é muito comum e um dos mais perigosos na construção, pois pode colocar a baixo todo um prédio.

O andar sobressalente gera trincas na estrutura, existem alguns casos em que moradores constroem piscinas na cobertura, e na primeira vez em que a piscina é cheia, a casa pode literalmente cair.

4 Potência do aparelho elétrico superior à da casa

Esse é o problema mais comum de todos os outros listados, pode parecer bobo, mas pode gerar muita dor de cabeça para os moradores.

Muitas pessoas se empolgam na hora de escolher o chuveiro escolhem um modelo potente e esquecem de checar o circuito elétrico e se tem carga suficiente para ele.

Isso pode gerar sobrecarga no circuito elétrico e queimar o chuveiro.

É preciso dimensionar a carga dos aparelhos de acordo com o que estava planejado na construção.

Mas, se você realmente quer aquele chuveiro mais potente, é necessário trocar a fiação, e talvez até o disjuntor.

Gostou das nossas dicas?

Curta a nossa Página no Facebook e acompanhe mais dicas como está. Leia nossos outros post

Deixe uma resposta

Fechar Menu